Blog Corporativo

Regras para bilhetes não voados: atente-se às novidades!

28 de junho de 2021

Sabemos que do ano passado para cá, por causa da pandemia, muita coisa mudou, não é mesmo? No setor de viagens empresariais, definitivamente, isso não foi diferente. Em função da pandemia de Covid-19, milhares de viajantes precisaram remarcar ou cancelar suas viagens e, por isso, o Governo Federal divulgou, primeiramente, uma Medida Provisória para algumas regras especiais no caso de bilhetes não voados, com vigência até outubro deste ano. Depois, elas se tornaram objeto da Lei nº 14.034, de 5 de agosto de 2020, que visa amenizar os impactos negativos da pandemia na aviação civil.

Agora a legislação exige das empresas um controle ainda maior sobre seus bilhetes não voados, para que não percam os prazos para reembolso ou uso de créditos das passagens compradas. As mudanças na lei também impactaram nos valores e nas opções do viajante no momento da compra dos bilhetes. Por isso, antes de decidir cancelar uma viagem, é preciso se atentar de forma minuciosa às regras daquele bilhete adquirido.

Basicamente, a pandemia do Coronavírus trouxe algumas mudanças para o setor, dentre elas: 

. Mudanças no prazo de validade dos bilhetes adquiridos;

. Complexidade na cobrança de multas e na aplicação de regras de bilhetes não voados;

. Algumas companhias permitiram a mudança do viajante, para que o bilhete fosse utilizado.

Diante disso, a principal mudança com a legislação é que antes da pandemia nenhuma companhia permitia a mudança do viajante, para que o bilhete fosse utilizado, pois os bilhetes eram não endossáveis e não transferíveis. “Com a pandemia e com a MP que se tornou uma lei, as companhias aéreas passaram a poder oferecer esta opção ao viajante. Antes da pandemia, todo bilhete tinha validade de apenas um ano após a compra, entretanto, agora, há diferentes tipos de prazos, o que exige uma maior atenção da agência e do passageiro.

Mas, fique tranquilo, a Viaje Bem Mais Corporativo está pronta para ajudar sua empresa na gestão e controle desses bilhetes não voados.

Para não perder os prazos de bilhetes não voados, é preciso algo muito importante: exigir relatórios periódicos da agência de viagens e questionar sobre o atual processo para evitar perdas.

Gostou das dicas? Agora, é preciso ficar de olho nessas recomendações, para não perder os seus bilhetes!

Fale com a Viaje Bem + Corporativo e facilite para sua empresa com nossa gestão completa de viagens corporativas: Whats ???? 62 98332-1188. Pode ligar também para o ????62 3251-1057.  

Fique por dentro das novidades.

Assine a nossa newsletter e seja avisado sobre novos conteúdos.